Truck: Fogaça elogia a estréia internacional da categoria

Corrida na Argentina foi um sucesso, com público superior ao da Fórmula 1

A primeira experiência da Fórmula Truck no exterior foi um sucesso. No último domingo (20/09) a categoria mais popular do automobilismo nacional disputou a sétima etapa do campeonato brasileiro em Buenos Aires, na Argentina. “Foi uma experiência fantástica. O público compareceu em massa, com batucada e torcida organizada para a Ford, e eles adoraram o que viram. Parecia até torcida de futebol em estádio”, comenta o sorocabano Djalma Fogaça (Ford Racing Trucks).

 

O Autódromo Oscar y Juan Galvez recebeu cerca de 70 mil espectadores, número que não era visto desde o início dos anos 80, quando o ídolo local Carlos Reutemann era um dos protagonistas da Fórmula 1. A vitória na capital argentina foi do paulista Felipe Giaffone. Líder do campeonato, o paulista Valmir Benavides foi o segundo colocado, seguido pelo brasiliense Geraldo Piquet.
 

Assim como no treino classificatório, a prova foi disputada sem a medição de velocidade pelo radar, que em determinado trecho da pista limita os caminhões a 160 km/h. Com isso, muitos pilotos forçaram o motor acima do normal e tiverem problemas mecânicos.

 

Largando com um propulsor novo, o paulista Adalberto Jardim evoluiu nove posições desde a largada e cruzou a linha de chegada na sexta colocação. “O Jardim andou muito bem, mesmo com o motor do Ford Cargo dele não ter rendido o que era esperado. Faltou pouco para ele subir no pódio”, elogiou Fogaça sobre o seu novo companheiro na equipe DF Motorsport.

 

Já Djalma Fogaça, que largou na sexta colocação, teve problemas de transmissão após ter recebido uma batida e não completou a corrida. “Meu caminhão estava muito equilibrado, mas infelizmente tive um problema mecânico. Mas valeu muito vir correr aqui. A Neusa Félix está de parabéns por te conseguido mais um grande feito para a categoria”, afirma o piloto da Ford Racing Trucks.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *