Truck: Jonatas “Neno” Borlenghi chega em sexto lugar em Curitiba

O catarinense Luiz Zapellini venceu neste domingo (12/10) a oitava etapa da Fórmula Truck, disputada no Autódromo Internacional de Curitiba. O paulista Vignaldo Fízio e o brasiliense Geraldo Piquet completaram o pódio. O paulista Jonatas “Neno” Borlenghi (DF Motorsport/Ford/HDS MecPar) foi o melhor entre os Ford Cargo e cruzou a linha de chegada na sexta colocação.

“O caminhão foi rápido e constante, ganhei bastante posições no decorrer da corrida e fiz pontos importantes para a equipe”, explica.

Neno foi prejudicado pela forte chuva que caiu no treino classificatório e largou apenas na 21ª posição. Com um bom ritmo, ele ganhou posições durante toda a prova até ocupar o sexto posto nas voltas finais. Seu companheiro de equipe, o sorocabano Djalma Fogaça, não teve a mesma sorte e abandonou ainda na terceira volta. “Logo na largada tive um problema com a embreagem. Um pouco depois foi o motor, mas ainda não temos certeza do que aconteceu”, explica o “Caipira Voador”.

Fogaça lamentou o abandono, pois estava bastante otimista com o desempenho de seu caminhão para a corrida paranaense. “Foi uma pena, porque o nosso Ford Cargo estava muito bom. E na hora que tive o problema, eu estava na frente do Fízio, que acabou em segundo lugar”, lembra o titular da DF Motorsport/Ford/HDS MecPar.

A sexta colocação de Neno foi a melhor entre todos os caminhões de motor nove litros. Fogaça acredita que a organização deveria rever o regulamento para a seqüência da Fórmula Truck. “Acho que a organização deveria analisar o regulamento, porque os caminhões nove litros estão bastante defasados em relação aos de doze”, garante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *