Truck: José Maria fica em oitavo nesta sexta

Durante os dois treinos livres realizados nesta sexta-feira, muitos problemas de fumaça atrapalharam quase todos os pilotos da categoria.

A altitude da cidade de São Paulo é apontada como o principal motivo como causa desse problema. José Maria Reis foi um dos pilotos que reclamou muito da fumaça durante esta sexta e terminou os treinos em oitavo na soma dos dois treinos realizados.

O único goiano da competição, José Maria Reis, ficou contente com seu resultado, apesar da posição. “Não tivemos grandes problemas, apenas o excesso de fumaça que atrapalhou um pouco nosso trabalho. Mas podemos melhorar bastante o nosso tempo. Existe a possibilidade de baixar ainda um segundo pelo menos”, explicou o piloto.

Do primeiro treino realizado hoje para o segundo, o piloto baixou cerca de dois segundos. O resultado foi devido algumas mudanças nos acertos de suspensão. “Fiquei contente em baixar dois segundos, mas ainda precisamos baixar mais para conseguirmos largar numa boa posição. Amanhã (sexta) vamos tentar baixar mais e largar entre os cinco primeiros no grid”, afirma otimista Zé Maria.

O piloto ainda afirmou que a altitude foi a grande vilã e que colaborou com o excesso de fumaça da maioria dos caminhões. “Não podemos levar em consideração a quantidade de fumaça nesta sexta, já que esta etapa é uma das mais altas da temporada e sempre acontece esse tipo de mudança”, explica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *