Truck: No dia do seu aniversário, Djalma Fogaça bate e será ausência na corrida

Vice-líder do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, o pernambucano Beto Monteiro (DF Motorsport/Ford Racing Trucks) quer aproveitar que largará da segunda fila em Tarumã para somar pontos suficientes que o leve para a liderança do certame.

“A expectativa é boa e estamos visando brigar pela liderança do campeonato”, define o único nordestino da categoria, que foi o quarto mais rápido no treino classificatório de sábado. A pole position ficou com o Ford Cargo do paranaense Leandro Totti, que foi cronometrado em 1:21.200. Geraldo Piquet (Mercedes- Benz), líder do campeonato, vai partir do sétimo posto, A corrida em Viamão (RS) terá transmissão ao vivo da TV Band, a partir das 14 horas de domingo (08/4).

Largando de uma boa posição, Beto Monteiro acredita que poderá pelo menos repetir seu melhor resultado em Tarumã, que foi uma segunda posição em 2003. “O motor está bom, e no warmup vamos melhorar um pouco mais o equilíbrio do chassi. O objetivo é brigar lá na frente mesmo para assumir a liderança do campeonato”, reafirma o campeão brasileiro de 2004.

Outro que está muito animado para esta prova é o único representante gaúcho, que vai competir com um Ford Cargo da DF Motorsport. “Nunca larguei tão bem na Fórmula Truck. Meu caminhão está competitivo e acho que dá para acompanhar o ritmo do pessoal”, acredita Régis Boéssio, que vai largar da nona posição. “Conheço muito bem Tarumã, e sei que dará para pontuar bem. Aqui tem aquelas coisas de corrida, tem gente que arrisca demais, força demais o equipamento …”, comentou o representante de Sapucaia do Sul, bastante otimista.

Nunca desanimado, o catarinense Luis Carlos Zappelini vai largar da 12ª posição e também quer partir para cima do pelotão da frente. “Não estou largando tão bem como no ano passado, mas vamos pra cima”, avisa o piloto de Lages. “No aquecimento vamos passar um pente fino no acerto de chassi e motor, e em ritmo de corrida vamos crescer”, aponta o piloto do Ford Cargo numero 22.

Vencedor da prova de Tarumã no ano passado e em 2004, o sorocabano Djalma Fogaça vai ser o grande ausente da prova. No final do terceiro treino livre, realizado na manhã de sábado, seu Ford Cargo escapou na rápida curva 2 e ele bateu com muita violência, danificando completamente a cabine, o motor e até o chassi. “A frente e toda a lateral direita ficou destruída, o eixo dianteiro correu, o motor acabou, o prejuízo foi muito grande”, contou o “Caipira Voador”. “Será impossível aprontar o caminhão para uma corrida segura, pois o chassi foi muito afetado. Pelo menos vamos ser bem representados pelo Beto (Monteiro), que se Deus quiser vai sair daqui liderando o campeonato”, comentou o piloto que ficará nos boxes atuando só como chefe da equipe DF Motorsport/Ford Racing Trucks.

No entanto, no seu dia de aniversário Djalma Fogaça ganhou o presente que mais esperava. “Logo depois da batida minha mulher ligou de São Paulo avisando que meu filho ia largar da pole position numa corrida de kart com marchas lá no Kartódromo de Aldeia da Serra. Agora, ela me avisou que ele ganhou de ponta a ponta. Foi o melhor presente que eu podia ganhar. Tenho certeza que terei um bom substituto no automobilismo”, falou de seu filho Fábio Fogaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *