Truck: Pernambucano Beto Monteiro e Ford otimistas após os treinos livres

Os caminhões pesados da Fórmula Truck levaram vantagem nos primeiros treinos da sexta-feira em Curitiba (PR), preparatórios para a sétima etapa do Campeonato Brasileiro, que será disputada domingo (07/10), com transmissão ao vivo pela Band, a partir das 14 horas.

No teste matutino o mais rápido foi o paulista Roberval Andrade (Scania), enquanto que a tarde o paranaense Wellington Cirino (Mercedes-Benz) deu o troco e foi o mais rápido do dia, com 1min40s927, a média de 131,79 km/h. Líder do certame, o paulista Felipe Giaffone (Volkswagen) ficou com a terceira marca. “Está muito competitivo, todos experimentaram acertos diferentes e mesmo assim os tempos estão próximos. Os caminhões mais pesados podem levar vantagem na classificação, mas na corrida eu aposto que os leves vão brigar de igual”, comentou o pernambucano Beto Monteiro (DF Motorsport/Ford Racing Trucks), que colocou o seu Ford Cargo na sétima posição.

A equipe DF Motorsport/Ford Racing Trucks está muito confiante com as perspectivas para o fim de semana, em virtude da melhora que alcançaram do primeiro para o segundo treino. “Amanhã (sábado) vamos melhorar mais ainda. De equilíbrio de chassi e suspensão estamos bem. Vamos trocar os bicos injetores para buscar mais velocidade”, avisa o sorocabano Djalma Fogaça, chefe da equipe e piloto que ficou com o 11º tempo. “Saímos com uma regulagem conservadora no primeiro treino, mexemos no intervalo e melhoramos bastante no segundo. Vamos em busca de mais melhoras”.

O único nordestino da Fórmula Truck também está esperançoso em uma boa performance no treino classificatório e na corrida. “Estamos trabalhando em uma configuração para virar mais rápido na classificação. Não sei se dará para entrar no Top Qualifying, entre os cinco mais rápidos, mas estaremos perto. O importante é que também estaremos desenvolvendo um set up para sermos constantes na corrida, e ai caem as diferenças das voltas rápidas”, planeja Beto Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *