Truck: Piquet fica sem freios em Goiânia

Geraldo Piquet, da equipe ABF/Mercedes-Benz, conquistou o sétimo lugar na sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, disputada hoje (domingo), no Autódromo de Goiânia. Mas o resultado poderia ser melhor se não tivesse enfrentado problemas com os freios de seu caminhão no final da corrida, quando escapou da pista numa disputa com Roberval Andrade.

Segundo Geraldo Piquet, que largou na sexta colocação, na largada teve que recolher o “trem de pouso” para não bater na traseira de Wellington Cirino, seu companheiro de equipe e caiu para a nona colocação. Depois de boa reação, passou a enfrentar problemas de freios no momento que partiu para o ataque. “Goiânia é assim. O desgaste é muito grande e quem anda com os caminhões maiores, o problema é muito maior. Agora vamos pensar em Curitiba”, afirma Geraldo Piquet.

A vitória em Goiânia foi do paulista Valmir Hisgué Benavides, que completou as 27 voltas da prova em 1h01m48s656, andando à nédia horária de 100,511 Km/h. Em segundo se classificou Leandro Totti (Ford), seguido por Wellington Cirino (ABF/Mercedes-Benz), Jonatas Borlenghi (Volkswagen), Vinicius Ramires (Mercedes-Benz), Adalberto Jardim (Scania), Geraldo Piquet (ABF/Mercedes-Benz), Luiz Carlos Zappellini (Ford), Renato Martins (Volkswagen) e Djalma Fogaça (Ford), que pela ordem, fecham as 10 primeiras colocações.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck está marcada para o dia 7 de outubro, em Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *