Truck: Piquet vence e volta a liderar

O filho mais velho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet decidirá o título em casa com uma vantagem de 14 pontos para Cirino.

O brasiliense Geraldo Piquet, da equipe ABF/Mercedes-Benz, venceu a nona etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, disputada hoje (domingo) à tarde no Autódromo de Tarumã, em Viamão, na grande Porto Alegre. Ele completou as 27 voltas da prova em 44m55s497, andando à média horária de 108,757 Km/h. Esta é a segunda vitória de Geraldo na temporada. Ele ganhou a etapa de Fortaleza, disputada em maio.


Com a vitória, Geraldo assume a liderança do campeonato, com 154 pontos, ao passo que Wellington Cirino, companheiro de equipe de Piquet, caiu para a vice-liderança, com 140. Agora só os dois podem ser campeão e Geraldo entrará na pista com uma vantagem de 14 pontos. No Campeonato de Marcas, a Mercedes-Benz é a virtual campeã, uma vez que chegou a 353 pontos, 71 a mais do que a vice-líder Volkswagen.


O paulista Felipe Giaffone, que largou na pole position, chegou na segunda colocação, classificando-se à frente de Roberval Andrade (SP), Renato Martins (SP), Wellington Cirino (PR), Mercedes-Benz, Vignaldo Fizio (SP), Leandro Totti (PR), Régis Boessio (RS), José Cangueiro (SP) e Vinicius Ramires (SP), que pela ordem, fecham as seis primeiras colocações.


A prova
A prova começou de forma confusão, com Giaffone e Piquet, pole e segundo colocado respectivamente, perdendo a ponta para Roberval Andrade e Wellington Cirino. Os dois reclamaram que o diretor de prova não fez o combinado com eles e largou antes do ponto em que eles tinham que acelerar. Na seqüência, Geraldo passou a pressionar Cirino até que o paranaense teve problemas com o motor na nona volta, quando Geraldo lhe passou e iniciou a perseguição a Roberval, conseguindo a liderança na 12ª volta, recebendo a bandeira amarela programada na frente, somando 10 pontos na classificação e passando a ser o novo líder do campeonato. Os seis primeiros que pontuam na 12ª volta foram Piquet, Roberval, Cirino, Benavides, Giaffone e Renato Martins.


Na relargada, Piquet manteve a liderança com tranqüilidade, deixando a encrenca para Roberval e Cirino. Logo em seguida, chegaram na disputa do segundo lugar Giaffone, Benavides e Renato Martins. Cirino passou a enfrentar problemas com o motor de seu caminhão e foi perdendo posição. Giaffone superou Roberval na 18ª volta e Bevavides também partiu para o ataque, quando bateu roda com Roberval e furou o pneu dianteiro direito, abandonando a corrida. A corrida continua num ritmo muito forte e Piquet já tinha 9s923 de vantagem para Giaffone, quando Adalberto Jardim escapou no início da reta oposta, obrigando a direção de prova a paralisar a corrida com bandeira vermelha. Ao retomar a corrida, Geraldo manteve a ponta e as posições se mantiveram inalteradas nas cinco voltas seguintes, quando veio a bandeirada da vitória.


Piquet x Cirino
Com a vitória de Piquet no Autódromo de Tarumã e o quinto lugar de Cirino, somente os dois podem ser campeão da temporada. Geraldo decide o campeonato em casa, com 14 pontos de vantagem sobre Cirino. Piquet liderou o campeonato das etapas de Fortaleza e Campo Grande, quando Cirino passou a ser o líder.


Piquet afirmou na coletiva de imprensa que não esperava vencer na etapa gaúcha, mas mesmo com o problema da largada, sentiu que o caminhão estava bom e partiu para cima, primeiro passando por Cirino e depois por Roberval. Sobre a ultrapassagem, ele disse que superar Roberval sempre é difícil porque quando ele está na frente para que seu espelho retrovisor fica ofuscando. “É muito complicado passar pelo Roberval, mas senti que ali era o momento decisivo da corrida e fui com tudo. Consegui a primeira colocação e a manobra foi decisiva porque afastou ele, Giaffone e o Benavides na luta pelo título. Agora só terei o Cirino, meu companheiro de equipe, como adversário e vamos ver o que poderemos fazer em casa. Será uma disputa limpa. Mas o importante é que o campeão será um dos pilotos da ABF/Mercedes-Benz”, afirma Geraldo.


Já Cirino comentou que terá que ganhar em Brasília e torcer para que Geraldo faça 14 pontos a menos do que ele. “Somente no final do mês vou fazer as contas para ver em que posição o Geraldo não pode chegar para que possamos comemorar o tetracampeonato da categoria. Será uma bela disputas e irá ganhar quem tiver melhor no dia. Vamos trabalhar também para garantir o título do Campeonato de Marcas para a Mercedes-Benz, que está muito próximo”, frisa Cirino.


A 10ª e última etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck será disputada no dia 7 de dezembro, em Brasília.


 


Resultados da Fórmula Truck em Viamão
1º) Geraldo Piquet (DF), Mercedes-Benz, 27 volts em 44m55s497


2º) Felipe Giaffone (SP), Volkswagen, a 4s245


3º) Roberval Andrade (SP), Scania, a 5s004


4º) Renato Martins (SP), Volkswagen, a 5s645


5º) Wellington Cirino (PR), Mercedes-Benz, a 6s325


6º) Vignaldo Fizio (SP), Mercedes-Benz, a 6s944


7º) Leandro Totti (PR), Ford, a 8s664


8º) Régis Boessio (RS), Volvo, a 10s692


9º) José Cangueiro (SP), Mercedes-Benz, a 12s792


10º) Vinicius Ramires (SP), Mercedes-Benz, a 13s986


11º) Débora Rodrigues (SP), Volkswagen, a 16s759


12º) Gaston Mazzacane (Arg), Mercedes-Benz, a 16s954


13º) Fabiano Brito (PR), Volvo, a 25s948


14º) Diumar Bueno (PR), Volvo, a 52s330


15º) Djalma Fogaça (SP), Ford, a 6 voltas


16º) Fred Marinelli (SP), Iveco, a 6 voltas


17º) Beto Monteiro (PE), Scania, a 7 voltas


18º) Adalberto Jardim (SP), Iveco, a 7 voltas


19º) Valmir Hisgué Benavides (SP), Volkswagen, a 9 voltas


20º) João Maistro (PR), Volvo, a 10 voltas


21º) Pedro Muffato (PR), Scania, a 10 voltas


22º) Jonatas Borlenghi (SP), Ford, a 14 voltas


23º) Luiz Carlos Zappellini (SC), a 21 voltas


 


Classificação do campeonato após 9 etapas
1º) Geraldo Piquet (DF), com 154 pontos


2º) Wellington Cirino (PR), 140


3º) Roberval Andrade (SP), 122


4º) Felipe Giaffone (SP), 118


5º) Valmir Hisgué Benavides (SP), 98


6º) Beto Monteiro (PE), 53


7º) Renato Martins (SP), 41


8º) Vignaldo Fizio (SP), 39


9º) Luiz Carlos Zappelllini (SC), 38


10º) Débora Rodrigues (SP), 25


11º) Vinicius Ramires (SP), 20


12º) Fabiano Brito (PR), 19


13º) Gaston Mazzacane (Arg), 16


14º) Djalma Fogaça (SP), 15


15º) Pedro Muffato (PR), 9


        Adilson Cajuru (SP), 9


17º) Adalberto Jardim (SP), 8


        Régis Boéssio (RS), 8


19º) Leandro Totti (PR), 7


20º) Jonatas Borlenghi (SP), 6


       José Cangueiro (SP), 6


22º) Fred Marinelli (SP), 5


23º) João Maistro (PR), 4


        Diumar Bueno (PR), 4


25º) Leandro Reis (GO), com 1 ponto


 


Campeonato de Marcas
1º) Mercedes-Benz, com 353 pontos


2º) Volkswagen, 282


3º) Scania, 184


4º) Volvo, 65


5º) Ford, 28


6º) Iveco, com 22 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *