Truck: ‘Queimas de radar’ em Curitiba inviabilizam recuperação de Roberval na sétima etapa

Piloto da Roberval Motorsport termina corrida em oitavo lugar e fica
praticamente fora da disputa pelo título de 2006 da Fórmula Truck.


Roberval Andrade lamentou um fim de semana de resultados aquém de suas expectativas na sétima e antepenúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. O paulista da Roberval Motorsport foi oitavo colocado na corrida do último domingo (8) no Autódromo Internacional de Curitiba. Com isso, manteve-se em quinto na tabela de classificação, agora 50 pontos atrás do líder Renato Martins, e ficou praticamente fora da disputa pelo título.

“O meu caminhão não estava entre os mais rápidos do fim de semana, eu não pude fazer muito mais do que foi feito”, lamentou Andrade. Oitavo no grid, ele tentou manter um ritmo consistente no início da prova, planejando a reação para a fase decisiva. Contudo, cumpriu duas vezes o stop and go, punição aplicada aos pilotos que excedem o limite de velocidade – no ponto onde está instalado o radar, a velocidade máxima permitida é de 160 km/h.

“Cometi esses dois erros e isso me tirou qualquer chance de tentar subir na classificação da corrida. Foi um fim de semana muito complicado”, lamentou. A próxima etapa da Fórmula Truck está marcada para 12 de novembro no circuito de Tarumã, em Viamão, na Grande Porto Alegre. “Nós fizemos alguns testes naquela pista antes da corrida em Curitiba, eu imagino que isso vá nos ajudar a ter um caminhão bem mais competitivo”, torce o paulista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *