Truck: Totti quer reconquistar a liderança em Guaporé (RS)

A equipe Londrina Truck Racing/ Delphi/ Itapemirim Cargas não deixou-se abater pelo resultado inesperado em Interlagos (SP) e já está em preparação para a quarta etapa da Fórmula Truck que acontece em Guaporé (RS) no dia 11 de junho.


Leandro Totti com muitos problemas desde o começo dos treinos livres, teve dois motores quebrados, disputou a prova no circuito paulista até a nona volta e abandonou após dois toques com concorrentes que o obrigaram a uma ida aos boxes para troca de pneu e reparação do caminhão. Com uma volta atrás e vendo as dificuldades do caminhão decidiu abandonar e buscar agora a preparação para a etapa no Rio Grande do Sul. Já o piloto Mad Macarrão conseguiu levar seu Ford até a nona posição na classificação geral dentro da área de pontuação.

“Dá vontade de ‘passar uma borracha’ e esquecer tudo o que aconteceu em Interlagos, mas por outro lado podemos aprender também em cima dos fatos ocorridos”, comenta Totti, “foi difícil, pois mal comecei a treinar e já quebrou o primeiro motor, depois de toda a correria para trocar chegamos na véspera do treino classificatório e quebrou o outro também, daí às pressas preparamos um emprestado pelo Fogaça e fomos para a pista e mesmo assim fizemos o quarto tempo. Fomos desclassificados por excesso de fumaça e larguei em 17º. Até que consegui crescer na prova, mas dois toques sucessivos na disputa de posição obrigaram a ir para os boxes, aí fiquei uma volta para traz e ficou difícil”.


O chefe da equipe, Ernesto Gardenal, explica que todo o trabalho feito na véspera da disputa em Interlagos foi em cima da busca de mais potência mantendo a confiabilidade no equipamento. “Você vê as equipes adversárias bem preparadas e com muitos pilotos tendo reais condições de vitória, não pode-se ficar parado. Senão vejamos, a Mercedes conta agora quatro a cinco pilotos que em Interlagos poderiam estar entre os primeiros, a Volkswagen idem, chegou a mostrar isso nos treinos, na pole-position, na prova e no pódio. A Scania venceu em Fortaleza, venceu e fez a terceira colocação em Interlagos com o Muffato. A Volvo vem muito forte nesse ano, se não fossem as infelicidades do Fabiano e Diumar também estariam lutando nas primeiras posições, e ainda temos a equipe do Fogaça que vem crescendo e provou a sua força fazendo a primeira fila no grid das três etapas e o pódio em Interlagos”, enumera Gardenal.


“Quer dizer a concorrência é forte, não podemos ficar parados se queremos vencer e todo o trabalho de preparação para Interlagos foi em cima de toda esta situação. Levamos os motores para a ABF em Santos e buscamos o máximo de potência possível, voltamos para Londrina e fomos para a pista treinar e preparar os caminhões em cima das modificações feitas, tudo funcionando uma beleza. Chegamos nos treinos em Interlagos e temos dois motores quebrados, conseguimos superar e na corrida acontecem dois toques com adversários que nos tiram praticamente da prova. É muito complicado, mas precisamos agora achar o porquê os fatos se sucederam desta forma e achar soluções para já em Guaporé lutar para retomar a liderança do campeonato”, completa Gardenal.


Leandro Totti ocupa agora a quarta colocação no campeonato da Fórmula Truck com 37 pontos. Em Guaporé, circuito da próxima etapa dia 11 de junho, Totti tem um bom retrospecto e sempre disputou as primeiras posições. Mad Macarrão também anda bem nesta pista e é idolatrado pela torcida local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *