Truck: Trio da Ford quer brigar por vitória em Caruaru

Uma equipe formada só por pilotos vencedores. Esta é a receita da Ford para brigar pela vitória no Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, que terá a sua primeira etapa realizada neste final de semana (17 a 19/3), no Autódromo Internacional de Caruaru, em Pernambuco. A Ford Racing Trucks/DF Motorsport vai para a “Capital do Agreste” com o pernambucano Beto Monteiro, campeão brasileiro em 2004, o sorocabano Djalma Fogaça, vencedor de várias provas, e o catarinense Luis Carlos Zappelini, que venceu a etapa de Curitiba no ano passado.

“Queremos repetir a dobradinha de 2004 em Caruaru. Acho que é querer demais, mas temos condições de fazer uma trinca. O Zappelini é muito experiente”, aposta Fogaça, que também é o chefe da única equipe em que todos os seus pilotos são vencedores na F-Truck.

As duas primeiras corridas do campeonato são fundamentais para quem tem pretensão de brigar para a conquista do título da Fórmula Truck. Pensando nisto, a Ford Racing Trucks/DF Motorsport não quis arriscar e vai participar da prova de Caruaru e de Fortaleza (CE), um mês depois, com os mesmos caminhões Ford Cargo de corrida que terminaram a temporada do ano passado com bom desempenho. “A minha preocupação é que ainda não andei com este caminhão, mas estou indo para ganhar a corrida. Quero apagar o estigma de piloto que só vence na chuva. Não mudei de equipe e entrei nesta briga a toa. Estou mordido e quero vencer no sertão”, anuncia Zappelini, o mais novo piloto da equipe de Sorocaba.

Piloto que mais conhece os segredos dos 3.180 metros do traçado do Autódromo de Caruaru, onde iniciou a sua carreira no automobilismo, Beto Monteiro ainda conta com a torcida local, pois é o único piloto nordestino na Fórmula Truck. “Não quero arriscar, mas pretendo repetir o resultado de 2004. Quero sair aqui de Pernambuco com o máximo de pontos possíveis, tenho que aproveitar todos eles”, avisa Beto. “O bacana é que durante todo o evento eu tenho o carinho do público e isto me fortalece ainda mais, são alguns “hps” a mais para mim. E só posso retribuir lutando pela vitória, como o meu povo pernambucano faz todos os dias de sua vida”, enaltece Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *