Velocidade na Terra: Líderes decepcionam e Paulista de Velocidade na Terra ganha emoção

A quarta etapa do Campeonato Paulista de Velocidade na Terra, realizada neste domingo no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo – ECPA, em Piracicaba, começa a ficar emocionante ao chegar na metade do certame. Os lideres das duas categorias da Turismo deixaram a desejar e permitiram a aproximação dos adversários, que agora vêem ressurgir suas chances de brigar pelo título da temporada. A nota triste foi a não realização das provas da Super Fórmula Tubular.

Avesso a isso, os pilotos da Turismo continua disputando um certame que vem ganhando em emoção a cada etapa. Como os líderes da Turismo A e B, João Marcelo e Juliano Gandelim não foram bem nas provas desta etapa, os concorrentes aproveitaram para diminuir a diferença na tabela de classificação e incendiar de vez a disputa.

Mesmo com os líderes mantendo suas posições, vários pilotos mostraram que ainda estão vivos no campeonato e novas derrapadas dos ponteiros podem significar mudanças drásticas na tabela de classificação.

Para João Marcelo, que marcou apenas um segundo lugar na segunda bateria da tarde, a situação só não foi pior porque o vice-líder Luis Augusto venceu uma das duas baterias e mesmo diminuindo a diferença que o separa do primeiro colocado, não conseguiu se aproveitar completamente da situação. “Não acho que tenha colocado o campeonato em risco, tinha 58 pontos sobre o segundo e minha situação ainda é confortável, pois a diferença caiu muito pouco”, afirmou João Marcelo.

“Há muito vinha perseguindo essa vitória, e tenho certeza que esse resultado vai me colocar em definitivo na briga pelo título do certame”, disse confiante Marcelo Ferreira, o Celão, após marcar um primeiro e um terceiro lugares no pódio.

Mesmo vencendo a segunda bateria da etapa, na Turismo B, Juliano Gandelim tinha um discurso diferente para o insucesso do resultado final. “Um título não é feito apenas de vitórias”, afirmou ao se referir do azar sofrido pelo vice-líder João Moraes, que marcou o segundo lugar na primeira bateria e quando ai vencer a segunda prova da tarde teve a suspensão do carro quebrada a menos de 300 metros da linha de chegada. “Faltou sorte, mas isso faz parte do automobilismo”, disse resignado Moraes.

Pilotando o trator

Na ausência de pilotos para formar o grid na Super Fórmula Tubular, o piloto Dito Giannetti passou a tarde pilotando o trator Caterpillar, dando início a terraplanagem do que será o futuro circuito oval asfaltado de 1.100 metros do ECPA.

As obras começaram oficialmente na segunda-feira (21/5), mas o veterano piloto que não consegue deixar de segurar o volante, iniciou as obras por conta própria. A pista oval será construída no entorno do atual circuito de terra já existente e o prazo de conclusão do circuito é 1ª de julho de 2007.

O novo autódromo vai alterar totalmente a configuração do atual traçado, porém o circuito de terra continuará existindo. “O novo circuito oval vai percorrer o anel externo da área voltada para a prática de velocidade na terra”, informou Dito.

“Com o fechamento do autódromo de Intrerlagos, viemos conhecer o circuito aqui de Piracicaba”, afirmou um olheiro de São Paulo que assistia as provas, mas não quis se identificar.

A partir de agora os pilotos iniciam a preparação para a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra, que acontece nos dias 2 e 3 de junho, em Corderópolis. A realização é do ECPA, com supervisão da Fasp. O apoio é da West Coast.

Resultados da 4º etapa do Paulista de Velocidade na Terra

1º prova – Categoria Turismo A

1- Marcelo Ferreira – Gol (467) São Paulo
2- Alexandre Passareli – Gol (476) São Bernardo do Campo
3- Luiz Augusto Alves – Gol (445) Sumaré
4- Cristian Domecq – Gol (602) Nova Iguaçu/RJ
5- Herbert Reif Jr – Gol (465) São Paulo

2º prova – Categoria Turismo A

1- Luiz Augusto Alves – Gol (445) Sumaré
2- João Marcelo de Carvalho – Gol (421) Piracicaba
3- Marcelo Ferreira – Gol (467) São Paulo
4- Cristian Domecq – Gol (602) Nova Iguaçu/RJ
5- Carlos Auricchio – Gol (416) São Paulo

1º prova – Categoria Turismo B

1- Juliano Gandelim – Gol (420) Piracicaba
2- João Moraes – Corsa (437) São Paulo
3- Anael Gobbo – Gol (466) São Paulo
4- James Lutum – Gol (434) São Paulo
5- Alessandro Ibiapina – Gol (488) São Paulo

2º prova – Categoria Turismo B

1- James Lutum – Gol (434) São Paulo
2- Anael Gobbo – Gol (466) São Paulo
3- Eduardo Vianna – Gol (477) Piracicaba
4- Thiago L./ Denis M. – Gol (464) São Paulo
5- Paulo Namorato – Gol (400) São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *