Velocidade na Terra: Líderes não vencem no Paulista e campeonato fica emocionante

Após as provas da quinta etapa do Campeonato Paulista de Velocidade na Terra, realizadas neste domingo (8), no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo – ECPA, em Piracicaba, o campeonato ganhou a emoção que faltou no inicio da temporada.

Quando se acreditava que o certame caminhava para um desfecho rápido e antecipado, os líderes desandaram nas duas últimas etapas e agora, faltando apenas três provas para o fim do campeonato a disputa se mostra mais aberta do que nunca, nas três categorias do certame, Turismo A e B e na Super Fórmula Tubular.

Apesar dos vitoriosos terem se superado, a grande novidade das provas desta quinta etapa ficou por conta do novo traçado do autódromo do ECPA, que além de ter ficado mais comprido e ter ganho mais um trecho pavimentado, teve o sentido do circuito alterado, passando de anti-horário para horário.

O piloto Marcelo Ferreira, da turismo A, aprovou as mudanças. “Alguns pilotos estavam acostumados com a pista antiga. Com essa mudança o campeonato vai ganhar em competitividade, pois vai demorar um pouco até que todos peguem o jeito e a mão do novo traçado”, afirmou o piloto que com uma vitória e um terceiro lugar diminuiu a vantagem sobre o líder João Marcelo, que pouco fez nesta etapa.

A vitória na segunda prova da categoria foi de Alexandre Passareli que com um terceiro lugar na primeira prova também subiu na tabela de pontuação. “Acho que a disputa está em aberto. Por enquanto, ninguém conquistou nada”, disse o atual campeão da Turismo A.

Já o vencedor das duas provas da Turismo B, o piracicabano Eduardo Vianna creditou a conquista a pista nova de asfalto. “Pelo que pilotei hoje, acho que meu negócio é asfalto mesmo”, se referindo aos 1075 metros que foram pavimentados para formar o novo circuito de dois mil metros.

O líder Juliano Gandelim também pouco fez e permitiu uma perigosa aproximação dos adversários, principalmente de João Moraes, que marcou um segundo e um terceiro lugares nas duas baterias e subiu na tabela. “Para quem busca o título a vitória seria mais importante, mas as circunstâncias da prova deixam o campeonato ainda em aberto e estou vivo na disputa”, disse Moraes.

Gandelim preferiu adotar um discurso mais moderado. “A liderança me pertence, o que preciso fazer daqui para frente é administrar a minha vantagem”, afirmou.

Na Super Fórmula Tubular a tarde foi dos piracicabanos. Apesar de não terem vencido, os veteranos Dito Giannetti e Celso Silveira Melo mostraram que ainda estão em forma e podem dar muito trabalho para os pilotos mais novos. Celso e Dito intercalaram um segundo e um terceiro lugares nas duas provas da tarde.

Com uma vitória e um quarto lugar, o carioca Welington Antunes assumiu a ponta com 110 pontos, três a mais do que Giannetti que vem lutando bravamente na disputa e usando de toda sua experiência para superar os adversários. A vantagem do piloto de Nova Iguaçu foi ter cravado a pole e ter feito a melhor volta da prova, itens que bonificaram o piloto em três pontos, que assim assumiu a liderança da competição e agora é forte candidato ao título da temporada.

A vitória na segunda bateria foi do piracicabano Raphael Zulini que venceu sua primeira corrida na categoria. “Há muito tempo perseguia essa vitória, que veio numa boa hora. Acho que nossa equipe ganhou um ânimo a mais para a disputa do Brasileiro e da 100 Milhas, prova onde não há favoritismo”.

Além da boa colocação na provas, Dito Giannetti se mostrou entusiasmado com a nova pista do ECPA. “Foi unânime a aprovação ao novo traçado, a pista ficou mais técnica e mais rápida. No entanto, ficou mais difícil de ultrapassar, porém como é bastante larga, os pilotos passarão a  desenvolver melhor suas habilidades nos momentos de tentar as ultrapassagens”, avaliou.

A partir de agora os pilotos iniciam a preparação para 100 Milhas Piracicaba, que acontece nos dias 18 e 19 de agosto, no novo circuito do ECPA. A realização do campeonato é do ECPA, com supervisão da Fasp. O apoio é da West Coast. Mais informações no site www.ecpa.com.br.

Resultados da 5º etapa do Paulista de Velocidade na Terra

1º prova – Categoria Turismo A

1- Marcelo Ferreira – Gol (467) São Paulo
2- Luiz Augusto Alves – Gol (445) Sumaré
3- Alexandre Passareli – Gol (476) São Bernardo do Campo
4- Carlos Auricchio/José Neto – Gol (416) São Paulo
5- Carlos Amaro Rodrigues – Gol (451) São Paulo

2º prova – Categoria Turismo A

1- Alexandre Passareli – Gol (476) São Bernardo do Campo
2- João Marcelo de Carvalho – Gol (421) Piracicaba
3- Marcelo Ferreira – Gol (467) São Paulo
4- Carlos Auricchio/José Neto – Gol (416) São Paulo
5- Carlos Amaro Rodrigues – Gol (451) São Paulo

1º prova – Categoria Turismo B

1- Eduardo Vianna – Gol (477) Piracicaba
2- Thiago L./ Denis M. – Gol (464) São Paulo
3- João Moraes – Corsa (437) São Paulo
4- Rodolfo e Rogério Luciano – Gol (415) São Paulo
5- Wilson Zambello – Gol (413) Piracicaba

2º prova – Categoria Turismo B

1- Eduardo Vianna – Gol (477) Piracicaba
2- João Moraes – Corsa (437) São Paulo
3- Juliano Gandelim – Gol (413) Piracicaba
4- Wilson Zambello – Gol (413) Piracicaba
5- James Lutum – Gol (434) São Paulo

1º prova – Super Fórmula Tubular

1- Welington Antunes (609) Nova Iguaçu/RJ
2- Benedito Giannetti (422) Piracicaba
3- Celso Silveira Melo (428) Piracicaba
4- Raphael Zulini (415) Piracicaba

2º prova – Super Fórmula Tubular

1- Raphael Zulini (415) Piracicaba
2- Celso Silveira Melo (428) Piracicaba
3- Benedito Giannetti (422) Piracicaba
4- Welington Antunes (609) Nova Iguaçu/RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *