Velocidade na Terra: Rodada dupla pode decidir paulista de Velocidade na Terra

Neste final de semana prolongado, o circo paulista da Velocidade na Terra promove uma rodada dupla. As provas, válidas pelas 6ª. e 7ª etapas, acontecem no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), de sexta-feira (12) a domingo (14), no mais novo circuito do estado, um misto de asfalto e terra de 2.070 metros.

O Campeonato Paulista de Velocidade na Terra é disputada em quatro categorias, Turismo B, Turismo A, Fórmula Tubular e Super Fórmula Tubular e as provas desta rodada dupla poderão definir o campeão de algumas das categorias.

A programação prevê treinos livres na tarde de sexta-feira. Já no sábado e domingo, os dia se iniciam com um warm-up e as tomadas de tempo classificatórias, precedidas pelas provas, com as duas provas da sexta etapa sendo disputadas no sábado e a sétima etapa no domingo, respectivamente.

Depois de uma pausa de quase 50 dias, a temporada 2007 poderá definir alguns campeões. Nas duas categorias de turismo na terra, os líderes têm chance de ganhar o título por antecipação.

Como a pontuação é crescente e progressiva, a vitória em cada uma das duas provas da 6a. etapa valem 22 pontos. Já nas provas do domingo, válidas pela 7ª. etapa, o primeiro lugar garante 30 pontos ao vencedor, em cada uma das duas baterias disputadas.

Na Turismo A, João Marcelo lidera com 186 pontos, seguido do piloto de Sumaré, Luiz Augusto, com 148. “São muitos pontos em jogo e muita coisa pode acontecer. Ainda não há nada decidido”, diz com humildade, o piloto piracicabano que também corre na Stock Jr.

Na Turismo B, Juca Gandelin também tem uma ampla vantagem sobre o segundo colocado, João, Moraes, mas isso não desanima o piloto de São Paulo. “Com mais de 100 pontos na disputa, uma vantagem de 46 pontos não significa grande coisa. Essa etapa dupla tem tudo para mudar completamente o campeonato”, diz João.

Com 10 vitórias nesta temporada, nas dez provas disputadas até aqui, o piracicabano Juca, com 180 pontos, lidera o certame, mas isso é não motivo para o piloto ficar sossegado. “Com tantos pontos em jogo, esta rodada pode ser definitiva para o campeonato, mas também pode ser complicada caso haja uma quebra e acabe não pontuando”, disse em tom de humildade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *