WEC: Venezuelano vence “em casa” na LMP2


TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Fisichella/Bruni ganham na LMGTE-Pro e brasileiro Fernando Rees na LMGTE Am

O World Endurance Championship – WEC, fez sua quinta etapa neste sábado (15) em Interlagos. A equipe Starworks Motorsports se consagrou vencendo na categoria LMP2 a primeira corrida do mundial disputada em São Paulo. O piloto venezuelano Vicente Potolicchio, ao lado dos seus companheiros Ryan Dalziel e o ex-piloto de Fórmula 1, Stéphane Sarrazin, venceu e abriu uma boa vantagem no campeonato.

O venezuelano destacou que a corrida é a mais próxima de seu país natal, então ele se tente em casa. “Ficamos na pole e São Paulo é o evento mais próximo de casa para mim. Estou muito feliz. Quanto a corrida, no início o time estava escondendo de mim que eu estava chegando nos líderes. Comecei a me aproximar do primeiro colocado e ele não está brigando conosco no campeonato. Não tínhamos experiência aqui e o Sarrazin nos ajudou muito”, disse Potolicchio.

Sarrazin lembrou que o final de semana foi perfeito. “Desde o começo o carro estava bom, fizemos um bom trabalho com a pole, tivemos ritmo bom e desde o início e fomos em busca da liderança. Foi um fim de semana perfeito. Tudo um sonho”, disse Stéphane. Dalziel também exaltou a constância na corrida. “Nosso ritmo foi sempre forte enquanto os outros começaram a cair de desempenho. Ficamos desapontados em Silverstone, mas foi um grande dia aqui para o time”, contou Ryan.

Na categoria LMGTE-Pro os vencedores foram os italianos Giancarlo Fisichella e Gianmaria Bruni, que levaram a Ferrari 458 Italia da equipe AF Corse ao lugar mais alto do pódio, após seis horas de luta intensa com o Aston Martin Vantage V8 da dupla Stefan Mücke e Darren Turner, que parou para abastecer a quatro voltas do final. “Não tínhamos certeza se eles fariam uma parada a mais e foi o que aconteceu. A disputa foi apertada e estou bastante feliz porque não achava que poderíamos vencer. Tudo deu certo para nós e conseguimos a vitória”, disse Bruni.

Fisichella finalmente pode comemorar uma vitória em Interlagos. “Estive várias vezes no pódio aqui e foi onde conquistei meu primeiro triunfo na Fórmula 1. Não pude celebrar totalmente, mas uma semana depois recuperei o troféu. Quanto a corrida de hoje, foi uma prova boa, difícil, mas nosso ritmo era bom o suficiente para conseguir manter o Aston Martin atrás de nós. Tudo foi muito bom, um grande trabalho de todos. No pódio hoje, recuperei um pouco daquela festa perdida”, exclamou o piloto da Ferrari.

O brasileiro Fernando Rees conquistou mais uma importante vitória na categoria LMGTE-Am e deixou sua equipe perto do título. “Com esse resultado podemos ser campeões já no Bahrein. Sabíamos que precisaríamos lutar para nos recuperar da quarta colocação. Foi bom se pensarmos que os líderes bateram no início. Conseguimos passar o Porsche e abrimos vantagem. Foi uma prova confortável depois disso e vencer na frente da minha família e do meu povo é especial”, contou Rees.

Julien Canal gostou do empenho de seus companheiros em conquistar posições. “No início eu fiquei eu estava surpreso com o ritmo do Patrick e do Fernando, que foi bastante importante para nós pensando em Interlagos. O agradeço por isso. Conseguimos ser rápidos e ser constantes para vencer”, comentou Canal. Já Patrick Bornhauser ficou feliz com a vitória e com o carro. “Confiei nos meus companheiros, na equipe e no carro. Deu tudo certo para nós e o resultado não poderia ser melhor”, disse Patrick. A próxima etapa do Campeonato Mundial de Endurance (WEC) acontece nos dias 27, 28 e 29 de setembro no Bahrein.

Compartilhar
TwitterFacebookWhatsAppGoogle+Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *