World Series by Renault: Robert Wickens é o campeão de 2011

O canadense Robert Wickens (Carlin) sagrou-se Campeão da temporada 2011 da World Series by Renault 3.5.

Wickens e o francês Jean Eric Vergne, seu parceiro de equipe, chegaram a Barcelona, na Espanha, local da última etapa do ano, separados por apenas dois pontos.

Prova 1:

No sábado (08/10) Wickens venceu a primeira prova. Vergne foi o 2º, seguido pelo russo Daniil Move (P1).

Pole-position Wickens venceu de ponta a ponta, com tranquilos 21 segundos de vantagem sobre Vergne. O francês, que largou apenas da 9ª posição, fez uma grande prova de recuperação. Ele aproveitou as confusões a sua frente para ganhar posições, além de fazer diversas ultrapassagens, até alcançar a segunda posição, a sete voltas do final, ao superar Move.

O norte-americano Alexander Rossi (Fortec) terminou em 4º, seguido pelo espanhol Sergio Canamasas (BVM Target) e o britânico Nick Yelloly (Pons).

O único brasileiro na prova, Cesár Ramos (Fortec) abandonou na 15ª volta. André Negrão, com labirintite, não disputou a etapa. Seu substituto na Draco, o francês Adrien Tambay sofreu um forte acidente no classificatório, foi levado a um hospital, e não disputou a corrida.

O neozelandês Brendon Hartley (Charouz) tambem sofreu um forte acidente e ficou fora da prova.

Com o resultado, Wickens entrou na prova final com nove pontos de vnatagem sobre Vergne, 241-232.

Final, prova 1:

1 – Robert Wickens – Carlin – 29 voltas em 47’03″837
2 – Jean Eric Vergne – Carlin – 21″051
3 – Daniil Move – P1 – 31″271
4 – Alexander Rossi – Fortec – 32″042
5 – Sergio Canamasas – BVM Target – 33″011
6 – Nick Yelloly – Pons – 39″144
7 – Nelson Panciatici – KMP – 39″598
8 – Jan Charouz – Charouz – 40″217
9 – Nathanael Berthon – ISR – 41″366
10 – Arthur Pic – Tech 1 – 42″334
AB – Cesar Ramos – Fortec – 15 voltas

Prova 2:

Neste domingo (09/10) o espanhol Albert Costa (Epic). Foi a sua primeira vitória na categoria. Yelloly e Hartley completaram o pódio.

Na largada, o pole-position Costa foi muito pressionado pelo russo Anton Nebylitskiy (KMP), que chegou a ir para a grama, sem, contudo conseguir superar o espanhol.

Disputando a terceira posição, Vergne superou Wickens, com a dupla se tocando de leve na primeira curva. A disputa continuou, e pouco depois eles se tocaram novamente, desta vez com força.  Com o toque, a suspensão dianteira de Wickens quebrou, com o canadense ficando sem controle na curva, e acertando o francês Nathanael Berthon (ISR). Berthon foi direto para a brita, parando de cabeça para baixo. Vergne continuou na prova, mas com o carro avariado.

Com a confusão formada, diversos pilotos foram para a grama, abandonando a prova, entre eles Ramos. O safety-car foi acionado.

Com o reinicio, na 6ª volta, Costa manteve a ponta. Duas voltas depois Yelloly passou Nebylitskiy, pelo segundo lugar.

Com problemas no carro Vergne, que precisava de um 5º lugar para ultrapassar Wickens, foi perdendo posições, volta a volta. Na 18ª volta, quando ocupava a 12ª posição, o francês levou um toque do malaio Fairuz Fauzy (Mofaz) e abandonou.

Costa venceu com 4s4 de vantagem sobre Yelloly. Hartley foi o 3º. Canamasas terminou em 4º, seguido por Nebylitskiy e o britanico Oliver Webb (Pons).


Final, prova 2:

1 – Albert Costa – Epic – 26 voltas em 45’50″549
2 – Nick Yelloly – Pons – 4″468
3 – Brendon Hartley – Charouz – 15″889
4 – Sergio Canamasas – BVM Target – 17″538
5 – Anton Nebilitskiy – KMP – 20″309
6 – Oliver Webb – Pons – 20″945
7 – Alexander Rossi – Fortec – 27″485
8 – Walter Grubmuller – P1 – 31″486
9 – Daniel De Jong – Comtec – 40″242
10 – Arthur Pic – Tech 1 – 41″678
AB – Cesar Ramos – Fortec – 0 volta

Campeonato, final:

1.Wickens 241; 2.Vergne 232; 3.Rossi 156; 4.Costa 151; 5.Ricciardo 144; 6.Korjus 120; 7.Hartley 95; 8.Canamasas 69; 9.Panciatici 55; 10.Move 54; 11.Ramos 47; 12.Van der Drift 43; 13.Berthon 37; 14.Yelloly 36; 15.Rosenzweig 33; 16.Zampieri 28; 17.Carroll 27; 18.Grubmuller 24; 19.Nebilitskiy 22; 20.Negrão 20; 21.Webb 17; 22.Fauzy 15; 23.Pic 12; 24.Pentus 11; 25.Charouz 10; 26.Richelmi, Tambay 6; 28.Aleshin 4; 29.De Jong 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *