WTCC: Seat vence as duas provas em Okayama e leva título de construtores

A Seat venceu as duas provas disputadas em Okayama, no Japão, válidas pela 11ª etapa da temporada. No domingo (26/10), o sueco Rickard Rydell num Seat Leon TDI da Seat Sport, venceu a primeira prova, com o holandês Tom Coronel, de Seat Leon da Sunred, vencendo a segunda prova do dia.

O sueco Rickard Rydell venceu a primeira prova, depois de largar da 5ª posição. O alemão Jörg Müller, num BMW 320si da Schnitzer, foi o 2º, seguido pelo inglês Andy Priaulx, da RBM.


A prova começou com a pista molhada e uma leve chuva. Pole-position, o brasileiro Augusto Farfus, manteve a ponta na primeira curva, porém depois de um toque do suíço Alain Menu, num Chevrolet Lacetti da RML e de seu parceiro de equipe, Müller, em seu BMW 320si, o curitibano caiu para o 13º lugar.


Müller assumiu a ponta, seguido pelo português Tiago Monteiro, num Seat Leon TDI da Seat Sport. Com avarias em seu carro, devido ao toque com Farfus, Menu abandonou. Depois de trocarem de posições por várias vezes, Rydell deixou Monteiro para trás, indo pra cima de Müller.


Com a pista sem aderência, as tentativas de ultrapassagens se tornaram arriscadas. Na disputa pelo primeiro lugar, Rydell superou o alemão da BMW, depois de os dois escorregarem nas curvas, saindo da pista, com o sueco retornando à frente.


Priaulx superou o inglês Robert Huff, num Chevrolet Lacetti da RML, se isolando na terceira posição até o final da prova. Huff terminou em 4º, seguido por Monteiro e Farfus. O líder do campeonato, o francês Yvan Muller, num Seat Leon TDI da Seat Sport, chegou em 7º. Com a 8ª posição, Coronel garantiu a pole-position para a segunda prova do dia. Vice-líder do campeonato, o italiano Gabriele Tarquini, num Seat Leon TDI da Seat Sport, foi apenas o 10º.


O resultado deu a Seat o título de construtores.


Coronel aproveitou a pole para vencer pela primeira vez, dando a Sunred também sua primeira vitória no WTCC. Farfus chegou em 2º, com o mexicano Sergio Hernandez, num BMW 320si da Proteam, completando o pódio.


Saindo da segunda fila, Monteiro assumiu a liderança na largada. Com a pista secando Monteiro, Farfus e Coronel começaram um duelo pela vitória. O holandês passou Farfus, superando o ex-piloto português de F-1 e retomando o primeiro lugar. Com problemas mecânicos em seu carro, Tarquini abandonou na 9ª volta, deixando o Japão sem pontos.


Monteiro começou a perder rendimento em seu Seat, sendo ultrapassado por Farfus e Priaulx. Pouco depois o tri-campeão da categoria freou tarde na curva, indo para a brita, abandonando, na 10ª volta. Quase no mesmo momento o italiano Stefano D’Aste, tentando passar Monteiro, perdeu uma roda de seu BMW 320si da Proteam, tendo que abandonar.


Coronel venceu com apenas 0s097 de vantagem para Farfus. O independente Hernandez foi 3º. O ingles James Thompson, num Honda Accord da N Technology, terminou na 4ª posição, seguido por Huff e Yvan Muller. Monteiro completou em 7º, com o espanhol Felix Porteiro, num BMW 320si da Ravaglia, fechando a zona de pontos.


Yvan Muller soma 100 pontos na tabela, 14 a mais do que Tarquini. Apenas os dois mantém chances de conquistar a taça. Os resultados das provas estão suspensos até os técnicos da FIA analisarem os carros de Farfus e Tarquini.


A decisiva rodada dupla acontece em Macau, no dia 16 de novembro.


Grid:


1 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 1’37″040
2 – Jorg Muller (BMW 320si) – Schnitzer – 1’37″267
3 – Tiago Monteiro (Seat Leon TDI) – Oreca – 1’37″354
4 – Alain Menu (Chevrolet Lacetti) – RML – 1’37″422
5 – Rickard Rydell (Seat Leon TDI) – Seat – 1’37″458
6 – Stefano D’Aste (BMW 320si) – Proteam – 1’37″534
7 – Robert Huff (Chevrolet Lacetti) – RML – 1’37″610
8 – Gabriele Tarquini (Seat Leon TDI) – Seat – 1’37″272 *
9 – Felix Porteiro (BMW 320si) – Ravaglia – 1’37″668
10 – Yvan Muller (Seat Leon TDI) – Oreca – 1’37″704
11 – Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM – 1’37″740
12 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Proteam – 1’37″770
13 – Jordi Gene (Seat Leon TDI) – Seat – 1’37″773
14 – James Thompson (Honda Accord) – N Technology – 1’37″887
15 – Takayuki Aoki (BMW 320si) – Wiechers – 1’37″937
16 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 1’38″041
17 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 1’38″146
18 – Alex Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 1’38″189
19 – Nicola Larini (Chevrolet Lacetti) – RML – 1’38″322
20 – Norbert Michelisz (Seat Leon) – Sunred – 1’38″421
21 – Manabu Orido (Chevrolet Lacetti) – RML – 1’38″543
22 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 1’39″141
23 – Yukinori Taniguchi (Honda Accord) – N Technology – 1’39″832
24 – Matthew Marsh (BMW 320si) – Wiechers – 1’39″914
25 – Andrey Romanov (BMW 320si) – Engstler – 1’39″920
26 – Kirill Ladygin (Lada 110) – Russian Bears – 1’40″278
27 – Ibrahim Okyay (BMW 320si) – Borusan – 1’40″858
28 – Masaki Kano (BMW 320i) – Engstler – 1’41″559
29 – Melvin Choo (BMW 320si) – Thunder Asia – 1’42″547


* Punido com cinco posições devido a corta a chicane na segunda prova em Monza


Final, prova 1:


1 – Rickard Rydell (Seat Leon TDI) – Seat – 14 voltas em 26’24″554
2 – Jorg Muller (BMW 320si) – Schnitzer – 5″607
3 – Andy Priaulx (BMW 320si) – RBM – 6″941
4 – Robert Huff (Chevrolet Lacetti) – RML – 10″696
5 – Tiago Monteiro (Seat Leon TDI) – Oreca – 13″051
6 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 13″203
7 – Yvan Muller (Seat Leon TDI) – Oreca – 14″301
8 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 14″760
9 – Stefano D’Aste (BMW 320si) – Proteam – 15″179
10 – Gabriele Tarquini (Seat Leon TDI) – Seat – 15″225
11 – Jordi Gené (Seat Leon TDI) – Seat – 16″023
12 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Proteam – 16″410
13 – Alex Zanardi (BMW 320si) – Ravaglia – 18″866
14 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 23″215
15 – Takayuki Aoki (BMW 320si) – Wiechers – 23″397
16 – Nicola Larini (Chevrolet Lacetti) – RML – 23″545
17 – James Thompson (Honda Accord) – N Technology – 25″242
18 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 49″886
19 – Kirill Ladygin (Lada 110) – Russian Bears – 1’01″646
20 – Yukinori Takiguchi (Honda Accord) – N Technology – 1’03″702
21 – Matthew Marsh (BMW 320si) – Wiechers – 1’17″880
22 – Andrey Romanov (BMW 320si) – Engstler – 54″149 **
23 – Melvin Choo (BMW 320si) – Thunder Asia – 1’37″976
24 – Masaki Kano (BMW 320i) – Engstler – 1’46″172


** Punido com 30 segundos no tempo final por acidente com Okyay


Volta mais rápida: Jorg Muller 1’51″939


Abandono:
Ibrahim Okyay – 8 voltas
Manabu Orido – 1 volta
Felix Porteiro – 1 volta
Alain Menu – 1 volta
Norbert Michelisz – 1 volta


Final, prova 2:


1 – Tom Coronel (Seat Leon) – Sunred – 14 voltas em 26’15″135
2 – Augusto Farfus (BMW 320si) – Schnitzer – 0″097
3 – Sergio Hernandez (BMW 320si) – Proteam – 6″426
4 – James Thompson (Honda Accord) – N Technology – 7″207
5 – Robert Huff (Chevrolet Lacetti) – RML – 8″363
6 – Yvan Muller (Seat Leon TDI) – Oreca – 15″576
7 – Tiago Monteiro (Seat Leon TDI) – Oreca – 17″992
8 – Felix Porteiro (BMW 320si) – Ravaglia – 18″692
9 – Rickard Rydell (Seat Leon TDI) – Seat – 20″168
10 – Jordi Gené (Seat Leon TDI) – Seat – 20″265
11 – Franz Engstler (BMW 320si) – Engstler – 23″298
12 – Nicola Larini (Chevrolet Lacetti) – RML – 29″879
13 – Alain Menu (Chevrolet Lacetti) – RML – 31″540
14 – Matthew Marsh (BMW 320si) – Wiechers – 35″782
15 – Andrey Romanov (BMW 320si) – Engstler – 42″163
16 – Norbert Michelisz (Seat Leon) – Sunred – 42″284
17 – Jaap Van Lagen (Lada 110) – Russian Bears – 45″991
18 – Manabu Orido (Chevrolet Lacetti) – RML – 51″511
19 – Yukinori Taniguchi (Honda Accord) – N Technology – 1’21″839
20 – Melvin Choo (BMW 320si) – Thunder Asia – 1 volta
21 – Masaki Kano (BMW 320i) – Engstler – 1 voltas


Votla mais rápida: James Thompson 1’48″767


Abandonos:
Takayuki Aoki – 0 voltas
Alex Zanardi – 1 volta
Kirill Ladygin – 4 voltas
Jorg Muller – 7 voltas
Gabriele Tarquini – 9 voltas
Stefano D’Aste – 10 voltas ***
Andy Priaulx- 10 voltas


***Punido com cinco posições para a primeira prova em Macau, devido a incidente com Monteiro


Campeonato:


1.Y.Muller 100; 2.Tarquini 86; 3.Huff 73; 4.Rydell 72; 5.Priaulx 67; 6.J.Muller 60; 7.Farfus 58; 8.Gené 53; 9.Porteiro 51; 10.Larini 48.


Os resultados das duas provas estão suspensos, até as averiguações técnicas dos delegados da FIA, nos carros de Farfus e Tarquini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *