WTCC: Tom Chilton e Robert Huff vencem na China

Os britânicos Tom Chilton (ROAL Chevrolet Cruze) e Robet Huff (Lukoil LADA Granta) foram os vencedores da nona etapa da temporada, disputada no Goldenport Park Circuit, em Pequim, na China.

Prova 1:

Pole-position, Chilton venceu de ponta a ponta a primeira prova. O francês Yvan Muller e o argentino José María López, ambos da Citroën, completaram o pódio.

Pole, Chilton manteve a ponta na largada, com Muller superando o italiano Gabriele Tarquini (Castrol Honda Civic).

Na 3ª volta, um toque entre o alemão Rene Munnich (Munnich Chevrolet Cruze) e o sérvio Dusan Borkovic (Campos Chevrolet Cruze) provocou a entrada do Safety-Car. Chilton tinha quatro segundos de vantagem.

A prova recomeçou na 11ª volta. Chilton não perdeu o controle, e foi volta a volta retomando a vantagem. Muller era o segundo, seguido por Tarquini e López.

O chinês Ma Qing Hua (Citroen Racing C-Elysee) escapou entre as curvas 10 e 11, acertou a barreira de pneus e voltou para a pista, sendo acertado pelo holandês Tom Coronel (ROAL Chevrolet Cruze). Tarquini acabou passando por cima de pedaços de carros, e teve que ir para os boxes, abandonando.

Chilton venceu com 2s4 de vantagem sobre Muller. López fechou o pódio.

O italiano Gianni Morbidelli (Munnich Chevrolet Cruze) terminou em quarto, seguido pelo francês Sebastien Loeb (Citroen Racing C-Elysee) e o hungaro Norbert Michelisz (Zengo Honda Civic).

O britânico James Thompson (Lukoil LADA Granta), Huff, o marroquino Mehdi Bennani (Proteam Honda Civic) e alemão Franz Engstler (Liqui Moly BMW 320si) fecharam a zona de pontos.

Prova 2:

Huff fez história no WTCC, ao conquistar para a LADA a sua primeira vitória na categoria. Coronel e Loeb completaram o pódio.

Pole, devido ao grid invertido dos dez primeiros na Q2, Huff manteve a ponta na largada, seguido por Coronel, Loeb e Michelisz, que superaram Thompson.

Com os três primeiros abrindo vantagem sobre o restante do grupo, o destaque da metade prova ficou com o líder do campeonato, López. O argentino superou Thompson, pelo quinto lugar na 10ª volta, e seis voltas depois, assumiu a quarta posição, superando Michelitz.

Huff, que tinha quatro segundos de vantagem na 18ª volta, começou a ser pressionado por Coronel, que volta a volta tirava a desvantagem. Mesmo colando na traseira do LADA, o holandês não teve chances de tentar a ultrapassagem, com Huff vencendo com 0s7 de vantagem. Loeb foi o terceiro.

Lópz terminou em quarto, seguido por Michelisz, Thompson, Morbidelli, Chilton, Muller e Tarquini.

López lidera o campeonato com 339 pontos, seguido por Muller com 273 e Loeb com 238.

A categoria continua na China, onde disputa a décima etapa, em Shangai, no dia 12 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *